Para o 26º Festival Mix Brasil – Velhices LGBT+ a EternamenteSou levou a discussão sobre a vida e os desafios da pessoa idosa na nossa sociedade contemporânea.

A conversa foi desde os problemas naturais que enfrentamos com o avanço da idade até o peso cultural criado pelo nosso envelhecimento, obscurecido por muitos em meio ao desejo da juventude eterna.

Na pauta percorremos diferentes formas para exteriorizar nossos sentimentos e pensamentos.

Começando com um debate aberto sobre nosso envelhecimento e seus desafios, contamos com uma mesa mista para trazer linhas distintas e visões múltiplas sobre o natural caminhar de nossa vida, que nos enriquece em experiências e em marcas de expressão.

Visitamos também os muitos desafios únicos que nos afetam pela nossa característica LGBT+, seja a falta de entendimento dos órgãos de apoio ou mesmo a rejeição das nossas famílias biológicas.

E completando nossa trajetória de descoberta, realizamos uma oficina que colocou os nossos sentimentos e os nossos corpos em foco.

Iniciando com depoimentos reais sobre a vida dos presentes, a oficina desnudou a alma e terminou convidando a também desnudar os corpos em aceitação a força e a fragilidade que se complementam dentro de nós.

Assim, nosso corpo representando a morada dos pensamentos e a uma das nossas expressões no mundo, encontrou conforto ao ser abraçado pela nossa mente inquieta.

Amando a si mesmo, reconhecendo a si mesmo, perdoando a si mesmo e respeitando as nossas formas e formatos a oficina marcou os presentes com um sentimento de liberdade e leveza.

E que venham os próximos encontros para reforçar esses sentimentos e atitudes em relação às nossas velhices e às nossas existências únicas.

Galeria de imagens

Referências

Imagens Mix Brasil Facebook Debate; Imagens Mix Brasil Facebook Oficina;


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *