fbpx

No dia 25 de setembro de 2018, foi realizado o “1° Simpósio Afirmação de Prevenção ao Suicídio na Comunidade LGBT”, na Câmara Municipal de São Paulo. Organizado pela presidência da Afirmação Mórmons LGBT, o evento foi composto por uma mesa de estudiosos e representantes de organizações, a fim de debater o assunto a fundo através do compartilhamento de experiências.

Os convidados a compor a mesa foram Cristina Moraes, presidente da Afirmação Brasil, Ana Marques, subsecretária da diversidade LGBT+ de Guarulhos, Tino Perez, do CVV, Monica Lemes, da ONG Mães pela Diversidade, e Rogério Pedro, presidente do EternamenteSou.

Com a fala de cada palestrante, foram levantadas as possíveis causas que levam as comunidades dentro da própria comunidade LGBT+ a cometerem suicídio, abordando desde a realidade de pessoas trans até a situação da terceira idade. Além disso, ainda foram questionadas quais são as políticas públicas efetivas no combate ao suicídio.

A mesa teve o objetivo de desmistificar a dificuldade de se falar sobre o tema que tem atingido jovens, adultos e idosos, abrindo a discussão e buscando meios de prevenção.

A pauta surge em homenagem ao Setembro Amarelo, mês da conscientização iniciado no Brasil pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) em 2015. Mundialmente, a Associação Internacional para Prevenção ao Suicídio (IASP, na sigla em inglês) estimula a divulgação da causa, com o dia 10 do mês vinculado ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *