fbpx

Eternamente Sou apoia o Dia Internacional da Mulher

Publicado por Andre Jorge Bueno em

Eternamente Sou apoia o Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher, comemorado desde 1911, é um dia global que celebra as conquistas sociais, econômicas, culturais e políticas das mulheres.  O Dia Internacional da Mulher foi homenageado pela primeira vez na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça em 19 de março. Mais de um milhão de mulheres e homens participaram de comícios do evento em campanha pelos direitos das mulheres de trabalhar, votar, ser treinada, ocupar cargos públicos e acabar com a discriminação. No entanto, menos de uma semana depois, em 25 de março, o trágico ‘Triangle Fire’ na cidade de Nova York tirou a vida de mais de 140 trabalhadoras, a maioria delas imigrantes italianas e judias. Esse evento desastroso atraiu atenção significativa para as condições de trabalho e a legislação trabalhista nos Estados Unidos, que se tornaram o foco dos eventos subsequentes do Dia Internacional da Mulher, então celebrado em 8 de março.

Este é um dos dias mais importantes do ano para celebrar as conquistas femininas, aumentar a conscientização sobre a igualdade das mulheres, acelerar a paridade de gênero e arrecadar fundos para instituições de caridade voltadas para mulheres.

Neste ano, a campanha ganhou o tema “Choose to Challenge” (Escolha para Desafiar) para o Dia Internacional da Mulher. Um mundo desafiado é um mundo alerta. E do desafio vem a mudança. A Eternamente Sou apoia esta campanha e convida todos para conhecerem mais sobre o projeto e postarem nas redes sociais com a hashtag #ChooseToChallenge. Vamos conhecer algumas mulheres que já estão engajadas na campanha propondo desafios importantes. 

Para saber mais sobre a campanha, acesse: www.internationalwomensday.com

Zeze Motta, atriz, cantora e militante.
Zeze Motta, atriz, cantora e militante.
Jane Alves, artista plástica.
Anaelza Ferreira da Costa, empregada doméstica.
Dora Cudignola, professora aposentada.
Martha Malheiro Launay, economista.

1 comentário

DORA Cudignola · 28 de fevereiro de 2021 às 10:38

Amei! Nós mulheres somos guerreiras, bruxinhas e vencedoras. A luta continua, nunca vamos nos desanimar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *