fbpx

Com intuito de dar mais visibilidade para a pessoa idosa LGBT, a EternamenteSou realizou entre os meses de agosto e setembro de 2018 o 1º curso de Introdução às Velhices LGBT.

O curso foi criado para ampliar e aprofundar o conhecimento técnico e científico sobre a temática para profissionais da rede socioassistencial,  de lideranças  comunitárias,  de  movimentos  sociais diversos e  demais  interessados  no  tema.

Apresentado em aulas interativas e expositivas com especialistas da área, o curso abordou aspectos biológicos, socioculturais, políticos, familiares, afetuosos, de sexualidade, entre outros.

Conteúdo do 1º curso de Introdução às Velhices LGBT

Ao todo 60 pessoas dialogaram e aprofundaram seus conhecimentos sobre as velhices LGBT e em como proporcionar mais saúde, estrutura e felicidade nessa importante fase das nossas vidas.

Realizado na Câmara Municipal de São Paulo, o curso foi possível graças ao apoio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), da equipe do vereador Toninho Véspoli e da equipe e voluntários da EternamenteSou que se dedicaram para estruturar e executar o conteúdo.

O curso de 6 encontros, com 20 horas de conteúdo no total, teve a coordenação de Diego Miguel (padrinho da EternamenteSou), Sandra Regina Gomes (coordenadora de Políticas para Pessoa Idosa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania) e Rogério Pedro (Presidente da EternamenteSou).

Participantes do 1º curso de Introdução às Velhices LGBT

Para as próximas edições novos desafios se levantam como, por exemplo, manter as existentes e estabelecer novas relações com instituições de ensino, sociedades, associações, organizações e outros serviços que possam contribuir para melhorar a qualidade de vida da pessoa idosa.

A expansão de alcance do conteúdo também aparece como um dos pontos focais para as próximas edições do curso, para conseguirmos assim democratizar o acesso e a conscientização desse importante tema na nossa sociedade.

Então fiquem ligados, pois em breve teremos mais informações para quem quiser participar ou apoiar o curso sobre as Velhices LGBT da EternamenteSou.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *